17 de junho de 2013

O Cancro tem cura!

   Já há algum tempo ouvi falar neste livro e no Frei Romano Zago...
  Também já ouvi falar muito nos lobbies das farmacêuticas...
  Mas se uma coisa tão simples pode salvar tantas vidas... Porque é que se continua a pensar só no dinheiro???
  O post de hoje espero que consiga correr o mundo e que consiga pelo menos salvar uma vida!... Se isso acontecer, então a sua publicação terá valido a pena!!!



O Câncer (Cancro) tem Cura - Frei Romano Zago - Cura pela Babosa (Aloe Vera)



Frei Romano Zago, nascido em 11-08-1932.



Frei Romano Zago, após os cursos de Filosofia e Teologia, ordenou-se Sacerdote Franciscano em 1958. Em 1971 diplomou-se em língua e literatura luso-brasileira, francesa e espanhola, pela Faculdade de Letras da PUCRS - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Foi em 1988, na Paróquia Santo António, Pouso Novo (Brasil) que começou a testar a receita da Aloé Arborescens, mel e aguardente de cana e constatou os primeiros casos de sucesso.

Depois disso, esteve em Israel, sempre usando com êxito a sua receita. Foi convidado a dar palestras em Portugal, Suiça, Itália e outros países.

Além do livro Aloé não é remédio... mas Cura!, escreveu O Cancro tem cura!, traduzido para italiano, castelhano (Argentina), espanhol, inglês, alemão, francês e grego.




Aloe Arborescens



Frei Romano Zago parte da exploração das propriedades medicinais da Aloé Arborescens, conhecida há milénios, e cuja receita tem resolvido muitos problemas sem causar qualquer dano ou efeito colateral negativo ao seu consumidor.
Os seus ensinamentos não recomendam a automedicação. Muito pelo contrário. Propugna que, ao persistirem os sintomas, o médico deve ser consultado, até porque este estudou para se constituir na maior autoridade em matéria de saúde.

E finaliza assim: "Acoplados ambos os sistemas, obter-se-ão resultados mais alentadores, já que o objectivo último da medicina deve ser o de salvar vidas."

Segundo o Frei Romano Zago, a Aloe Vera (babosa) é uma das plantas curativas mais perfeitas que encontramos na natureza, sendo que, dos 22 aminoácidos de que o nosso organismo precisa, ela contém 18. Além desse e de outros benefícios, a planta fortalece os sistemas imunológicos debilitados.
Frei Romano afirma que a planta tem curado muitos tipos de câncer: no cérebro, pulmão, fígado, intestino, garganta, mamas, útero, ovário, próstata, rins, pele e leucemia. Ele conta o caso de um paroquiano, com câncer na próstata e desenganado pelos médicos, que recebeu os sacramentos finais e utilizou a babosa por sua sugestão. Esse senhor está vivo e com seus 80 anos.

Diz ele:
- Diante do sucesso do meu primeiro caso, comecei a aplicar a fórmula em vários outros, sempre com êxito. Quando fui trabalhar na Terra Santa, encontrei por lá também um imenso campo. E as curas foram se sucedendo às dezenas. Uma religiosa, diretora de colégio, tinha um tumor no útero, de tal volume que os médicos do Hospital Hadassah não lhe davam mais de duas semanas de vida; um outro senhor, tinha câncer na garganta e só engolia por sonda; uma senhora, tinha câncer nos rins. Desenganados pelos médicos, eles continuam vivendo.
- Mas o caso mais comovente foi o de Geraldito, um garoto argentino de cinco anos, que tinha leucemia. Os pais o levaram à Espanha, onde fez transplante de medula. Inútil. No auge do desespero, foram até Belém. Diante da gruta da Natividade, rezaram: "Aqui a vida apareceu diante dos homens". E choravam muito: "Como pode ter nascido a Vida aqui se em breve teremos que entregar nosso filho á morte?" Chamaram-me. Embora a situação me parecesse extrema, a ponto de duvidar da eficácia da babosa, tranquilizei-os: "Enquanto há vida, há esperança." Depois de um mês, ele veio me visitar com seus felizes pais, e com sua vela acesa na mão, quis participar da procissão dos freis. Tomou uma segunda dose e, um mês depois, voltou a Buenos Aires.
Além do câncer a babosa cura outras doenças, como alergias, aftas, asma, anemia, cólicas, cãibras, artrose, queimaduras, insolação, doenças da pele, gangrena, diabetes, hemorróidas, furúnculos, feridas venéreas, infecção da bexiga e rins, reumatismo e insônia, dentre outras. Não cura a AIDS, mas freia, trava o processo, afirma Frei Romano.





A RECEITA DO FREI ROMANO ZAGO



Ingredientes:

Folhas grandes de babosa com pelo menos 5 anos de idade. As folhas devem medir um metro se colocadas em fila indiana. Este é o ingrediente ativo da receita.
50 ml de bebida destilada (cachaça, vodka, whisky, conhaque, etc)
1 / 2 quilo de puro mel de abelhas
1 garrafa de vidro escuro com capacidade para um litro (para armazenar)


Antes de Preparar:

Colher a babosa no escuro, após 5 dias sem chuva. Não colher com orvalho. Preparar no escuro e logo depois de colhida (acenda a luz de um cômodo próximo, ou acenda uma vela, para obter alguma iluminação).
Depois de feito o remédio, guardar em vidro escuro na geladeira. Tomar o remédio no escuro. O motivo de se evitar a claridade é que na babosa a substância que age contra o câncer perde seu efeito ao entrar em contato com a luz.


Como Preparar:

Tire os espinhos das folhas de babosa e limpe-as com um pano úmido em álcool. Corte-as e coloque no liquidificador juntamente com a bebida destilada e o mel.


Como tomar:

Para curar o câncer – tomar duas colheres de sopa três vezes ao dia, durante 10 dias; parar por 10 dias e tomar mais 10 dias, assim sucessivamente até se obter a cura total.
Observação: a cura do câncer será obtida com êxito quando ele estiver na fase inicial, pois quanto mais velho, mais difícil será a cura.


Contra-indicações: 

O Dicionário das Plantas Úteis do Brasil, obra do botânico Pio Corrêa, editado pelo Ministério da Agricultura, diz que a babosa é contra-indicada durante a gravidez, para pessoas com propensão a hemorragias, para aquelas com menstruação excessiva ou com debilidades da bexiga. Tais limitações são decorrentes da grande ativação renal resultante do amplo espectro depurativo do remédio, ao filtrar milimetricamente o sangue. (Fonte – Frei Romano Zago)


Onde adquirir sumo de aloe vera certificado:

Pode comprar nesta loja online. Produtos certificados e credenciados, biológicos.

Sem comentários: